Primeiras impressões de SP

De acordo com a geometria euclidiana, a menor distância entre dois pontos é uma linha reta. A maior distância é a da geografia ravieriana: o caminho que eu sempre acabo por fazer, todo garboso, com o celular na mão, admirando minha genialidade por ter tirado dois prints do Google Maps antes de sair de casa, achando que estou na rua certa. (Consideração esta que não vale para a Avenida Paulista).

***

No busão 01

Maluco 01: “O que diabo é ‘avulso’?”

Maluco 02: “E eu vou lá saber?”

E eu no banco da frente segurando meus instintos professorais.

***

Assim como na Bahia, o carnaval paulista só toca música baiana. Mas, exatamente por não me sentir deslocado, não me sinto em casa. Nada mais estranho pra mim que me sentir confortável num carnaval. Aqui as meninas pirraçam (tease) os caras, todo mundo dança mal, ninguém tem medo de ser roubado, gente muito rica bebe o afrodisíaco das roças, a barraquinha mais fuleira aceita cartão. Aí o meu foi clonado.

***

O escritor William Golding, ao fim da vida, já consagrado e nobelizado, não aguentava mais dar autógrafos. “Um dia encontrarão uma edição original de Golding sem autógrafos”, afirmou certa vez, num festival literário canadense. “Valerá uma fortuna”. É assim que penso por provavelmente ser a única pessoa nesta cidade inteirinha a não ter nenhuma tatuagem, apesar de planejar fazer uma desde 2003.

***BOTOCUDOS

Sei que não é um fenômeno local, mas também devo ser o único a não ter cabelo de botocudo…

***

Um mojito na Augusta custa o mesmo que em Irecê.

***

Por debaixo a cidade já é minha, e ando de cabo a rabo. Por cima o sol me atordoa. De pé “boa tarde, poderia me dizer pra onde é?”, de carro “onde é que a gente tá mesmo?”

***

No interior baiano as pessoas estão todas muito próximas: cai-me uma lágrima de emoção ao encontrar um desconhecido na multidão. Aqui sou eu o estranho; agrada-me demais o anonimato absoluto e a massa indiferente e heterogênea.

***

A vista mais bonita até então é a da Estação Sumaré e mesmo assim ainda é um tanto cinzenta. Então já estou a pensar na decadência da Beleza, das cidades, da civilização como um todo, e saio duma sala de concerto – eu emocionado só por estar lá, por finalmente ouvir Shostakovich ao vivo, o violinista por tocar lá, o regente por apresentar lá uma peça de sua autoria; saio e vejo de longe a Estação da Luz.

20170312_122919

No busu 02

Adolescente com ares de inteligente: Quero entrar pro exército e servir na Amazônia, pra aprender a combater na floresta. Depois quero ir pro Sul.

Menina visivelmente apaixonada por ele (rindo): Por queeee?

Adolescente: Tem muita mulher lá.

***

Baiano come água com baiano na BA: é um reggae. Paulista enche a cara com paulista em SP: balada (top). Paulista come água com baiano na BA: carnaval. Baiano enche a cara com paulista em SP: happy hour. Paulista enche a cara com paulista na BA: uma farrinha. Baiano come água com baiano em SP: cana dura da porra. Ireceense come água com ireceense em SP: quase uma revolução francesa!

20170219_172031

não existe banheiro maisamorporfavor foratemer o clamor nos bloquinhos nos túneis do metrô foratemer nas medianeras nos bancos de praça foratemer nas escadarias públicas da Vila Madalena foratemer foratemer em qualquer manifestação popular naotemer subliminar na propaganda de cerveja foratemer só não pode na copa e na MBL o amor é importante, porra a garota lê Manelzão e Miguilim o menino se levanta para o idoso sentar – nem era assento preferencial – um sorriso na saída da sessão de Moonlight cinco pilas pro bebum e pro cantor de folk na esquina da Paulista com a Rua Augusta. Talvez exista amor em SP.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s