Em 2012, escrevi um romance policial que se passa na Salvador contemporânea, com muita influência do barroco, da literatura italiana e da cultura POP. Descobri hoje que o livro ficou entre os pré-selecionados no Prêmio SESC 2015, concorrendo com outros 1078 romances (!!!). Não é uma menção honrosa, nem uma lista que chama a atenção (ninguém vai cavocá-la atrás do que publicar), mas ser pré-selecionado com uma concorrência dessas no final das contas me deixou bem feliz.

Anúncios